Componentes de Uma Motosserra



Uma motosserra, como o próprio nome diz, é composta basicamente de um motor, que pode ser elétrico ou à combustão, e um conjunto de sabre e corrente de corte, que constituem a serra.

Motor


O motor é o responsável por gerar a força e rotação necessários para acionar o conjunto de corte em uma motosserra.

As motosserras são equipadas com motores de diferentes potências e características, conforme a especialidade de uso de cada equipamento.
As motosserras com motores elétricos, conhecidas por eletrosserras, são indicadas para uso hobby, em residências, chácaras e sítios, ou também em ocasiões onde o uso de motores à comnbustão não são permitidos, devido ao ruído e fumaça. E as motosserras à combustão são indicadas para uso hobby, semi-profissional e profissional, conforme a potência do motor.

A Transmissão

A transmissão de uma motosserra é a parte responsável por transmitir a força do motor para o conjunto de corte.
Constitui-se de uma embreagem, um tambor ou pinhão.
A embreagem é centrífuga, sistema direto que aciona a rotação do conjunto de corte somente em alta rotação, permitindo que, em marcha lenta, a corrente de corte não gire.
O tambor ou pinhão é um acoplamento que cobre a embreagem e transmite a rotação da embreagem para a corrente.
OBS: nas eletrosserras o acoplamento do tambor é direto com o eixo do motor.

O Conjunto de Corte

O conjunto de corte de uma motosserra é composto pelo sabre e pela corrente.
O sabre é uma barra te metal com uma canaleta, onde é encaixada a corrente de corte.
Este conjunto é o que sobre maior atrito na motosserra, portanto a limpeza e lubrificação destes componentes é essencial para determinar a vida útil.